10 maio 2011

Testemunho



Batismo em 25/05/2008

Quando criança costumava ir na igreja com minha avó aos domingos, até gostava, mas não sabia que tinha esse negocio de aceitar Jesus...rs.
Cresci e fui morar em outras cidades com meus pais, vi de perto muitas coisas ruins, tive oportunidade de participar de coisas que certamente me trariam problemas mais tarde, mas não deixei me influenciar.
Fui criada com princípios e com exemplos de pessoas que fizeram besteiras e se deram mal.
Há 15 anos atrás voltei a morar aqui em Vitória da Conquista, tinha meus antigos amigos, mas o fato de ir morar em outro bairro, me fez conhecer pessoas bem diferentes. Pessoas que tinham um amor incomum, que tinha prazer em cuidar de outras vidas, por amor a Cristo. Daiane, Cláudia e Isabela. Comecei a freqüentar a igreja com Daí, e percebia o quanto todas elas se preocupavam com minha vida, mas era aquela mesma história, não achei que tinha que aceitar Jesus, achava que estar indo na igreja já tava bom...
Mas o fato é que eu também freqüentava um centro espírita, por curiosidade ou para obter algumas respostas de pessoas que já morreram. Queria que um espírito de alguém conhecido falasse comigo... rsrs... Quanta besteira! Freqüentei durante uns 5 anos, até o dia em que Deus permitiu que um falasse comigo, não era ninguém conhecido e sim demônios, e foi a pior experiência que tive, prometi pra mim e pra Deus nunca mais voltar.
Nesse tempo enfrentei vários problemas familiares e de saúde e vi de perto o cuidado de Deus comigo e com minha família.
Era como se Deus tivesse o tempo todo me chamando, tinha lá minhas noites de orações, mas faltava compromisso com Deus, não era só orar, pedir, agradecer, e depois sair pra uma farra, era compromisso que faltava, intimidade, aceitar Ele de fato em todos os sentidos e situações de minha vida e não só na hora que as coisas apertavam...
Comecei a me relacionar com uma pessoa desviada e tive aquele relacionamento como meu porto seguro. Sofri muitas decepções nesse tempo, e tudo em minha vida começou a desandar, fiz coisas que antes não imaginava fazer, não sabia o que pedir a Deus, uma noite pedia pra morrer, outra pedia pra que tirasse ele da minha vida, outra era pra que ficássemos bem.
Acho que ali Deus cruzou os braços, estava tão indecisa que Ele esperou do meu lado me guardando o tempo todo. Ouvia louvores e me referia a Deus de uma maneira irônica dizendo, “Deus está me tocando”, e ficava o tempo todo batendo resenha com isso, chamava o cara pra ir pra igreja mas ele disse que não voltaria mais pra igreja. O fato também era que eu idolatrava o cara demais, e foi ai que Deus decidiu dar um fim nisso tudo, estávamos com tantos planos, que foram desmanchados.
Fiquei num estado terrível, emagreci demais, entrei em depressão e tive que me tratar, tudo estava indo bem, até a psiquiatra dizer que tinha que ir embora da cidade, no mesmo dia sai chorando do consultório, me perguntando “e agora o que eu vou fazer?”.
Encontrei uma amiga numa situação parecida, me chamou pra ir numa igreja evangélica naquela quarta feira, final de julho do ano de 2007.
Tempos depois, no dia 21/10/2007 pela primeira vez ouvi um louvor Aos pés da cruz, percebi o quanto já estava firme na presença do Senhor, me imaginei na igreja, o pastor fazendo o apelo, eu indo pelo corredor os irmãos batendo palmas e orando por mim... Corri pra igreja e justo nesse dia o pastor não fez o apelo, mas fui até ele cobrando o apelo e finalmente aceitei Jesus.
Uma felicidade tão grande tomou conta de mim naquela noite, que dura até hoje... Glórias a Deus!
Percebi que a única coisa que Deus quer é que nos tornemos dependentes dEle, tudo nesse mundo nos trará dor e sofrimento, teremos dias maus, iremos sofrer por demais de todos os lados.
O importante é aceitarmos Jesus em nossa vida, e todos os dias, porque quanto mais dizemos “sim” a Ele damos espaço para que Ele trabalhe em nossas emoções e mais sujeitos estamos a receber os milagres de Deus.
Ele é perfeito, simples, carinhoso, amoroso, atencioso, me ouve, é meu amigo, meu sustento...
Tudo perde o valor quando se fala de Jesus, e não dá vontade de párar de falar dEle, não tem como expressar, temos que vivê-lO.
Falar de religião, de problemas, darem testemunho, ou qualquer outro assunto é fácil e comum, mas falar de um HOMEM que vive e muda a nossa vida todos os dias é diferente.

(L.D.)

2 comentários:

  1. Luuuuuuuuuuuuuuuu...

    que lindo Nenem de mamãe.
    Fico feliz em saber que meu testemunho, de alguma forma falou com você.
    Mais ainda em saber que você alcançou esse entendimento.

    Te amo muito e sei que seremos amigas e irmãs pra sempre, aqui e na eternidade.

    Bjão,

    Dai Mamãe de Nenem

    ResponderExcluir
  2. Ohhh mamãe de nenem... vc fica com ciuminho que eu não escrevo nada pra você...rs...tá vendo como você é importante pra mim?! Foi a principal responsável aqui na terra pela minha conversão, Papai do céu te enviou na minha vida não foi por acaso, você talvez tenha achado que não adiantou, que não ia conseguir, mas você plantou uma sementinha e hoje nasceu mais uma linda flor no jardim dEle. No tempo dEle todas as coisas se faz perfeitas! Te amo meu xuxuh!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir