07 janeiro 2009

2008 ano de descobertas

Tive inumeras resposta de Deus na minha vida.
Descobri que amo a Deus acima de todas as coisas, e resolvi serví-lo.
Comecei o ano aprendendo a ser sozinha.
Aprendi a me virar sozinha, a andar sozinha, fazer feira sozinha, escolher moveis sozinha, cuidar da casa sozinha(...)
Conheci pessoas ímpares na internet, e pessoalmente convivi com pessoas incriveis também(...)
Descobri também que algumas pessoas que eu achava o máximo, não passavam de pessoas normais.
Desobri em mim uma pessoa bastante conselheira e voluntária.
Descobri a respeitar a individualidade e a diferença das pessoas, a dar conselhos e não fazer com que façam o que eu quero.
Descobri que acima de tudo sei chorar, cair e levantar.
Descobri também que criei em mim uma resistencia enorme às paixões momentaneas, ou seja não consegui me apaixonar, me apegar, ou amar alguém neste ano que se passou.
Perdi muitas noites em claro, com uma insônia louca, não sei lá de que...
Mas descobri que preciso descansar e ouvir meu corpo quando ele pede menos
Descobri que temos que amar as pessoas independente se elas nos ama ou não, se é pouco ou muito, eu as amo muito mesmo.
Descobri que sou importante demais para ceder as depressões.
Percebi que a cada dia mais que passa Deus me mostra que mentiras têm pernas curtas, e que sou uma sortuda em descobrí-las antes(...)
Descobri que posso viver sem coca-cola, e chocolates, e principalmente sem celulares ( depois de ter sido assaltada...rs.) e essa foi uma das melhores descobertas de 2008(...) rs.
Descobri que é a mais pura verdade o ditado, "antes só do que mau acompanhada" e com isso pretendi dançar só comigo mesma no meu quarto na virada de 2008 para 2009(...) rs.
Descobri que os principes que encontrei pelo caminho que ao me beijar se transformaram em tremendos sapões.
Acima disso tudo descobri que o amor que existe dentro de mim é enorme, imenso, é "tamainduniverso", que falo de amor, que sou o amor, mas que isso não específica pessoa, lugar, gênero ou qualquer outra classificação.
Descobri que eu me amo!
(L.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário