01 janeiro 2009

•••

Hoje quando olho pra trás fico a me perguntar como que certas coisas aconteceram, como que eu deixei isso acontecer, e até mesmo as outras pessoas que se diziam tão sábias não conseguiram demostrar tamanha inteligência e experiência para resolver certos problemas. Me via cercada de pessoas que estava muito bem dispostas, felizes, capazes de sair de quaqluer problema, ou perdoar qualquer traição(...) mas não.

O que eu poderia dizer para essas pessoas? Nem eu sei(...)

Penso que todos me olhavam como se eu soubesse a resposta pra tudo. E assim acho que meu ser ficou um pouco escondido, eles não conheceram verdadeiramente a pessoas que sou, talvez hoje por tudo que fiz ou que acham que eu fiz (embora eu ache que não fiz nada) peço perdão mesmo assim, pra mim isso adianta e muito(...)

A minha fé é enorme, acredito que isso tudo vai passar, e no final nem lembraremos mais, isso foi só um descanso, (prefiro pensar assim) pra que vocês pudessem me conhecer melhor, e com isso ficarão sabendo que o meu lema é: seu eu der um passo errado e for arrastada para o fundo do poço, isso jamais será feito de maneira discreta. Todos me verão gritando, chutando, enlouquecida, não para que me salvem, mas para que sirva de exemplo para os que decidirem andar pelo mesmo caminho.

Por causa dessa minha forma de pensar, é que não tenho medo de assumir nada que tenha feito, seja certo ou errado, sei voltar, falar sobre o assunto (se assim quiserem) e pedir perdão até mesmo não sendo errada. Mas jamais levarei outros comigo no meu erro, por muitas vezes consigo dominar meu medo e me arriscar ao dirigir meu barco sozinha por águas desconhecidas, pois sei que mesmo quando eu começar a me afogar, ainda poderei levantar a mão e pedir ajuda a Deus.

Com toda certeza serei ouvida, não que eu seja melhor que alguém, mas Ele nos ouve, experimente, se permita a correr riscos, e assuma não somente suas vitórias, mas os seus fracassos também porque é ai onde Deus trabalha, abrindo assim um novo caminho pra nós.

(L.D.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário