12 janeiro 2009

Vamos amar...



Pra esse novo ano que se inicia, desejo muito amor, vamos amar de qualquer jeito. Amar é muito bom, demonstre mais amor aos seus amigos, às pessoas próximas de você. Nesse mundo cheio de desamor eu já ouvi muita coisa boa às quais irei guardar com muito carinho no meu coração. Não tenhamos medo de demonstrar o que sentimos, é bom pro outro e é melhor ainda pra nós, nos deixa leves, nos faz crescer, amadurecer, e adquirir forças pra levar essa vida que não é fácil, e afinal de contas ter companhia, porque sozinho não se vai muito longe (...) Não deixe passar os momentos que a vida oferece. Daqui algum tempo você vai olhar pra trás e ver quantos momentos você desperdiçou. É através de pequenos momentos, palavras, gestos que construímos nossa felicidade e exercitamos nosso batimento cardíaco ( dependendo das palavras nosso coração acelera ou desacelera...).

Enfim, aproveite, experimente as delícias e as dores que a vida tem para nos oferecer, viva como se fosse o último dia ou o primeiro de sua vida, assim como preferir, mas viva, não deixe passar de qualquer jeito, porque dela nada levamos.
Vamos aproveitar os “Eu te amo”, seja da maneira que vier, de coração apaixonado, de um amigo antigo ou quem você conheceu hoje, parente, vizinho, colega de trabalho, plantando bananeira, pendurada nos anéis de Saturno, sei lá... Amor é amor, não importa como (...) rs. Está ficando tão difícil que é melhor não exigir demais (como já dizia os mais velhos; cavalo dado não se olha os dentes). Vamos ser feliz!
Então é isso, um ano repleto de amor pra todos nós. Amo todos vocês, independente de que se é de língua, palavras ou do aparelho que bombeia sangue (...) rs, é de coração!


(L.D.)



Nenhum comentário:

Postar um comentário