12 julho 2009

Sede de ti Senhor.


Tinha tanta necessidade de ir à igreja que depois de algum tempo acabei indo com Caline, minha prima, A pregação começou cedo, mas imaginei que ainda estava no horário (...).

Ando com uma tremenda sede de ti Senhor, mas algumas vezes chego a pensar que só te encontrarei na minha antiga igreja, sinto uma saudade absurda daquele povo, e daquele pastorzinho lindo que tanto amo, e dos meus meninos e do nosso quartinho que arrumamos com tanto zelo, por mais que agora eu participe de outra congregação sinto falta de todos vocês, no fundo também sinto que não devo voltar, talvez tenha que aceitar os fatos. Acredito que já estava na minha hora de sair de lá, pode até ser que um dia eu volte, se assim for da vontade de Deus, Enquanto isso nosso coração se preparará até lá (...).

Mas ontem apesar do pouco tempo que passamos lá em oração foi o suficiente para Deus me revelar duas coisas, uma delas foi; “pode demorar o quanto for, o tempo de Deus é diferente do nosso, e se ele não encontrar a alma gêmea naquele lugar ele voltará, assim é também com você, só se sentirá bem se ali estiver a sua outra parte, aquela que te complete. A segunda foi uma visão que tive, eu, Rose, Gerson, Samila, e mais algumas pessoas que não identifiquei, fazendo oração em leito de hospital, não entendi como algo ruim, mas como canal de benção, como alívio pra alguns enfermos”.

Enfim, temos que pensar um pouco nisso, pessoas precisam da gente, e creio que Deus quer nos usar para levar a palavra, assim como ele disse: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho.

Voltei pra casa aliviada, e feliz!

Meu Deus minha alma anseia por ti, preciso de ti meu Jesus lindo e maravilhoso!

(L.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário