15 março 2010

Sentimento à carne viva




Forte... intenso... Abismo... Verdade!
Pura consciência "inconseqüente" já beirando a insanidade....
Inesperadamente um assalto! Seu coração está em cativeiro, resgate... Doação do corpo inteiro, emoções se afloram, olhos buscando os teus por toda parte, e de repente o vazio... Você é obrigada a enfrentar a realidade!
Ebulição de desejos e sentir na carne a dor, num processo, retrocesso.... De pulsar, desejar, o avesso do avesso.... Corpo em chamas!
O sentimento engole a razão...
Esse visgo, essa troca de energia, ar de infinito, tudo me leva a você... Caminho sem volta!
Mar do meu bem querer... Velejo no teu ser, em mim a brisa do teu cheiro a me envolver, perfume do nosso amor, cachoeira calma... Inebriada estou!
Quando estou contigo eu sou feliz, sem pensar, faço que parecer ser impossível, improvável, inviável, sem razão, sem tamanhos, e sob medida pra você!
Tudo isso num desejo vão e louco de te mostrar o que eu sinto...
Te amando devagarzinho e urgentemente...
(L.D. & P.C.)

Um comentário:

  1. Gosto dessa ebulição... desses desejos que emanam... da força da lua que atiça...
    Amei!

    ResponderExcluir