13 janeiro 2014

Gosto de você...


Curioso como você e nossos momentos tem me cativado tanto...
Sabe aquele friozinho na barriga, vergonha de olhar nos olhos, tanta vergonha que você sente a cara queimar, e suas pernas tremerem, fica sem fome porque seu estomago ta cheio de borboletas, e o coração cheio de recheio... (risos!)

Pois é tenho sentido isso, estranho, porque paro, penso, analiso e não tive nada parecido com isso...
Se realmente é tudo que fala assim, foi do jeitinho que pedi pra Deus, essa sua lindeza toda me tirou os pés do chão, me fez querer ir mais além, que um simples conhecer, que uma simples amizade, você é estilo "Deus sempre vai além da minha imaginação", é porque você não pode se enxergar com meus olhos para perceber em você as qualidades que sempre procurei em alguém, e ver que eu não estou exagerando, tem algo de puro e inocente em seus olhos e em seu jeito de ser...Estou até desconfiando que quando Deus te criou Ele havia pensado em mim...(já que nasci primeiro que você. Risos!)

É diferente daqueles amores avassaladores que sufoca, que dói, que arde e te preocupa o coração...
É um bem querer tão grande, é um gostar que alivia, não dói, trás uma paz que cresce a cada dia, e vai encontrando brechas para se apaixonar...(suspiros!). Parece que somos o encontro do alivio!
Penso que amar de verdade, é re-amar todo dia, é encontrar motivos para se encantar mais e mais, pela mesma pessoa, é claro!
Eu queria tentar explicar o porque de tanto sentimento tão rápido, em tão pouco tempo, mas acho em vão, e tem coisas que não foram feitas para se explicarem e sim para viverem.

Você é tão fofo, com teus gestos e atitudes, que me encanta, me inspira poesia a todo momento. Em teus olhos eu vejo pureza!
Dos teus abraços, eu não me canso, parece que os espaços vão aumentando, e passo a necessitar de mais abraços teus...
Quando te vejo sorrindo, meu coração se alegra, sinto como se ninguém tivesse invadido esse espacinho que faltava em seu coração, e cada vez que tuas mãos passeiam em meus cabelos, orelha, pescoço, eu fecho os olhos e mergulho nesse teu abraço grande, e então seus beijos percorrem meu pescoço, minha bochecha eu fico torcendo para que eles parem em meus lábios e se demore... e me perco em pensamentos puros, sensíveis, eternos de nós dois... (suspiros!)

Eu queria mesmo alguém assim que não se incomodasse com a minha calmaria, com o meu jeito sem pressa de ser, fazendo dos simples detalhes grandes momentos, precisava de alguém que vale a pena esperar, e você veio para decorar os meus dias com tais momentos, com suas cores raras... Cores do céu!

E mesmo que demore, que o tempo passe, e acumule sonhos e desejos, eu quero mais! Mais de você, mas do seu tempo, do seu cheiro, do seu coração, do seu corpo, mais da sua compreensão, mas quero mais de nós também, seus braços em minha cintura, suas mãos em meus cabelos, seu corpo com meu corpo... quero o sem pressa e pra sempre!

Com você eu sinto uma vontade incontrolável de controlar o tempo, fazer eterno os momentos...

Eu quero que o amor resolva metade dos problemas do nosso coração, e que a gente resolva o resto que nos cabe, mas que nada altere esse sentimento, só se for para crescer mais, que a gente se transforme em amor e nunca se esqueça de fazer o outro sorrir, também quero que não percamos esse medo, que de bobo não tem nada,  porque é com esse mesmo medo, que vamos ter cuidado para não nos machucar, é com esse medo, que vamos querer sempre o bem um pro outro, embora eu queira que você se jogue, se atire, voe, flutue e se permita a viver o que há de melhor que Deus nos deixou... O amor!

Mas sem pressa e pra sempre...!

Estamos apenas no começo e temos muito o que aprender com Quem nos criou!




Você é um pequeno pedaço do céu!




___Lú Dutra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário