11 janeiro 2014

Você


Quando paro do seu lado, fico pensando em um jeito de parar também o tempo, fico com vontade de te dizer tantas coisas e transformar o momento em eterno... mas fico sem jeito, sem saber por onde começar, sinto um friozinho na barriga e a vontade de te dizer:
"__ Não sei como você de um dia pro outro cresceu tanto dentro do meu coração, e que mesmo com essa carinha que faz as vezes de vergonha com medo, você rir gostoso e fala bonitinho, é tão frágil, tão leve, tão solto, faz carinha de criança que não quer crescer, tem cada defeitinho bonitinho que combina exatamente com os meus... você é tão tudo que eu sempre quis."

__Luciana Dutra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário