11 janeiro 2014

Que ninguém saiba!



Quando te vejo

Me ponho a cantar
Palavras vem em minha mente
E poesias me pego a declarar
Não conte a ninguém
Que de amor transbordo
Não deixe ninguém saber
Que meu coração quer habitar junto ao teu
E que quando te vê
Salta de prazer
Fugir não mais consigo
Beira já ao impossível
Todo amor do mundo é pouco
Você merece o céu
Posso te dar
Você quer?
Mas ninguém pode saber
Nem se atreva a contar
Que mora em meus pensamentos
Que faz do meu riso o mais largo

Que ninguém saiba
Nem você...


(L.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário